quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Mandala em pano assado

Oi gentem!
Este ano a coisa está difícil hein!
Tantas mudanças acontecendo, e as artes foram diminuindo de volume. Mas.... jamais deixarei de fazer nem que seja uma coisinha minúscula que seja!
Desta vez me empolguei geral.
Durante meu tratamento de Radioterapia minha irmã, que é professora de artes e atriz, fez um trabalho de mandalas comigo.
Gentem, eu adorei!
Principalmente pintar as mandalas foi a coisa mais legal da terapia. Sim! É uma terapia a confecção de mandalas.
E agora, depois de vários meses passados eu resolvi fazer uma nova mandala.
Na verdade eu garimpei alguns desenhos na internet, e o que usei já fica aqui descrito como direitos autorais a quem quer que seja seu autor.
O trabalho manual foi definido assim que olhei para o desenho!
Seria uma almofada! E assim o foi!
Passei o desenho para o algodão crú.
Daí vem a parte mais gostosa da técnica... a pintura com lápis aquarelável.
Gentem, eu terminei a pintura com os punhos extremamente doloridos. Vocês não fazem ideia do que é pintar com lápis de cor um pedaço de algodão crú! Tá bom.... tem o agravante do meu querido e idolatrado salve salve remédio do tratamento do cãncer, vulgo Anastrozol que está deixando minhas pequenas articulações constantemente doloridas. Mas... "tou nem aí"!!!
Depois da pintura, vem a fixação e a coloração com o chá e então o forno para assar o tecido.
Mais detalhes vocês encontram na postagem que fiz da técnica aqui.
Terminada a técnica, olhei para a mandala e lembrei de uma perguntinha de uma amiga de Facebook quando postei uma foto da mandala ainda semi pintada.... ela me perguntou se iria bordar e respondi que não. Eu iria apenas aplicar a técnica de pano assado.
Mas pensei bem, e... Fátima, você é a responsável pelo bordado que apliquei na mandala!
E gentem, fez toda a diferença!
Usei o ponto haste que acho super bonitinho para fazer contornos e uma linha antiga prá caramba (boogie oogie.... está na moda kkkkk)  que era até para trabalhos em crochet.
Depois do bordado, apliquei o termocolante e mandei ver no tecido de fundo.
E para finalizar, usei um tecido jeans que estava guardado a trocentos anos esperando um destino final.
E o resultado de tudo isso vocês irão ver abaixo.
Vamos lá...

 Início de trabalho

 Mandala pintada

 Apos a técnica de pano assado, bordei com ponto haste.

Resultado final: uma almofada estilosa.


Um comentário: